Projeto
quinta-feira, 02 de junho de 2016
REDETELESUL está criando projeto para melhorar a gestão das empresas
Exemplo de Indicador de Custo de Link X Faturamento

A REDETELESUL está implantando uma ação que deve contribuir decisivamente para a melhor gestão das empresas associadas. Trata-se do Projeto de Indicadores de desempenho e resultado. A ideia foi apresentada no Ibussiness 2016, realizado em Foz do Iguaçu, e também em um encontro regional de provedores realizado em Goioerê, sendo bem recebida pelos empresários associados.


Um Grupo de Trabalho foi formado para criação e implantação do projeto. Segundo o presidente Rosalvo Baretta, a ideia central é criar uma pesquisa sistematizada de recolhimento de dados das empresas nas áreas de finanças, gestão de pessoas, gestão de processos, clientes e mercado, e sociedade. Com os dados em mãos, os próprios ISPs poderão fazer comparações, descobrindo como estão em relação aos seus concorrentes, levantando pontos fracos e onde podem ser mais eficientes para melhorar a competitividade.

“Será uma excelente ferramenta para ajudar na tomada de decisão dos empresários”, explica Baretta. Ele acrescenta que a REDETELESUL e as empresas assinarão um Termo de Confidencialidade. “As informações serão sigilosas. As empresas terão acesso aos dados médios, bem como ao menor e ao maior número de cada um dos quesitos avaliados, sem identificação de empresas”.


O objetivo da REDETELESUL é contribuir com a profissionalização das empresas associadas, com o estabelecimento de metas e implantação de melhoria contínua dos processos internos. As comparações são consideradas essenciais para a boa gestão.

Um exemplo dado pelo Grupo de Trabalho é a comparação entre o custo de link x faturamento. As empresas saberão a média geral de custo em relação ao faturamento; saberão qual foi o melhor e o pior desempenho. Como tem em mãos quanto paga pelo link e quanto fatura, o ISP saberá se o que está pagando e faturando é interessante ou não, se pode ou não ser um item a ser melhorado.

Liandro Carniel, diretor de Inovação da REDETELESUL, introduziu recentemente o acompanhamento e monitoramento de alguns indicadores em sua empresa. “Passamos a dar os passos conforme os números demonstravam e não com "achismos" ou visão subjetiva. Foi possível, por exemplo, identificar que nossa equipe comercial precisava de mais treinamentos ou técnicas de vendas, pois os números de fechamento de contratos revelavam que a assertividade (orçamentos x fechamentos) estava abaixo de 50%", revela.

O Sebrae está auxiliando a REDETELESUL na implantação do projeto, apoiando na definição da metodologia e capacitação dos provedores para captar e apontar seus resultados, garantindo a apresentação segura (de forma confidencial) com comparativos com outras empresas do setor.

A ideia é que sejam medidos mensalmente indicadores como Churm Rate, Inadimplência, Ticket Médio (divisão por Rádio e Fibra), Custo de Link, Folha de pagamento (salário, encargos, décimo-terceiro, férias), Banda média vendida, Índice de reclamações (rádio – fibra), taxa de crescimento da carteira, taxa de crescimento do faturamento, Equipamentos (infra, comodato, venda, investimento longo prazo), Prospecção de novos clientes (fechamento de contratos com base na procura interna ou externa), SLA de atendimento e Banda média entregue. Alguns itens seriam implantados em uma primeira fase e outros ficariam para uma etapa posterior.

“Vamos começar a implantar os índices de forma natural e gradativa. Conforme os ISPs forem se acostumando com a metodologia do trabalho, nós evoluiremos para novos quesitos. Quem vai determinar o ritmo de implantação serão os próprios associados”, ressalta Baretta.

Outros quesitos possíveis de serem implantados são faturamento médio por colaborador, taxa de investimento, taxa de lucratividade e rentabilidade. Em longo prazo, poderão ser implantados: investimento em capacitação e treinamentos, investimento em infraestrutura, rotatividade de pessoas, investimento em inovação, investimento em ações sociais, Inclusão Digital (beneficiários) por ano, Indicadores Comerciais (internos) x prospecção (Longo Prazo) - fechamento de contrato com base no número de propostas apresentadas (medirá quão eficiente está o comercial, permitindo avaliar quais fatores afetam o fechamento de contratos), Taxa de Penetração (por cidade), Penetração da rede de cabo, custo de postes, produtividade de equipe técnica, Percentual de resolução de problemas remotos, Faturamento por km de fibra e Taxa de lucratividade (análise seca) - Lucro operacional (Faturamento bruto dividido pelas despesas totais).

Fonte: Assessoria de Imprensa
 
CONTATO

Deixe-nos uma mensagem

Nosso Endereço

Avenida duque de caxias, 882,
Zona 07, Maringá / PR
Edifício New Tower Plaza, torre I, 5º andar, sala 508
Cep; 87.020-025

(44) 3226-7114                                                               

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta-feira: 08:00 às 17:00
2017 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual